Facebook - Dr.José Gildásio Pereira

Translate

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

DISCURSO COMO PARANINFO DA TURMA DO CFPC 2007


Exmo. Sr Presidente da Igreja Evangélica Assembléia de  Deus – Min. Belém Campinas, Pr. Paulo Freire;

Ilustríssima Srª Adriana Torres mui digna coordenadora do Curso de Formação para Professores de Criança na EBD;

 Ilustríssimos Senhores Pastores Supervisores Setoriais das Assembleias de Deus  Belem Campinas;
                                                
 Digníssimos Senhores Dirigentes das nossas Congregações;
                                                                  
 Mui dignos Componentes da  Mesa;
                                                                            
 Prezados Formandos e demais irmãos em Cristo;



Senhoras e Senhores:


Antes de mais nada gostaria de agradecer ao Senhor nosso Deus e  aos  Formandos pela homenagem que me prestam ao conferir-me o privilegio de falar á esta conceituada plêiade de homens e mulheres compromissados com a verdadeira educação cristã.

Segundo uma antiga tradição escolar, a instituição acadêmica do paraninfo nasceu com as primeiras universidades medievais. Em sua origem européia, ao paraninfo cabia um tríplice dever diante dos discípulos. Era sua missão felicitá-los, acompanhá-los e protegê-los.

A missão de felicitá-los, portanto, não requer esforço. Ela é tão simples quanto os gestos mais espontâneos e as palavras mais sinceras. Já as duas outras missões clássicas, a de acompanhá-los e a de protegê-los, se elas não escapam à minha vontade, elas ultrapassam as minhas limitadas possibilidades.

Assim, para que eu não contrarie completamente o meu desejo, nem me esquive da responsabilidade ditada pela tradição, que pretendo resguardar, eu lhes peço que me deixem recorrer à ajuda do nosso manual por excelência, a poderosa Palavra de Deus,  na qual  o Mestre Jesus nos ordena ensinar as nações,  e nos anima dizendo:
 
... e eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.. Mt 28.20b”
 
Como ensinadores vocês encontrarão perguntas que parecem não ter respostas, situações embaraçosas que não foram discutidas em sala de aula, momentos  que a presença do Pastor, do professor ou da professora do CFPC seria imprescindível em vossas vidas. Porém nem sempre nos encontrarão por perto. Mas nessa hora contarão com a presença marcante do Mestre Jesus Cristo que é onipresente,  e Ele vos ajudará.

Queridas e queridos formandos, a missão de ensinar é sublime e gratificante, e ensinar a palavra de Deus ainda mais. Pois contamos com a promessa que essa palavra não volta vazia, que ela cumpre o propósito para qual foi enviada. Nós ensinamos,  o Espírito Santo age de forma milagrosa em cada coração, e o efeito da palavra produz  vidas que frutificam na presença de Deus.

Se tratando de ensinar crianças, a responsabilidade de cada ensinador é muito grande, pois vivemos um período de pós-modernismo, onde a filosofia humanista e o individualismo, tem tirado do ser humano o  temor à Deus e o amor ao próximo, dificultando sobremaneira o viver em sociedade e principalmente a  busca pela vida eterna.

Senhoras e senhores,  neste mundo onde impera o poder da caneta, o poder econômico e  o poder da bala; onde a moral e a ética estão em decadência, a honestidade em extinção, os princípios adulterados,  os bons costumes banidos e o conceito de libertinagem inserido no âmago da sociedade, ainda podemos ouvir o ecoar da Palavra de Deus dizendo: “Instrui o menino no caminho em  que deve andar, e, até quando envelhecer, não desviará dele. Provérbios 22.1”.
 
Como pais, como ministros, como professores, como servos e servas de Deus, não podemos fugir à essa responsabilidade, pois não é  reduzindo a maioridade penal, ou instituindo penas mais severas tal como a pena de morte que resolveremos o caos que o Brasil e o mundo se encontra.

Porém,

...se o mestre for mais mestre e menos proletário,

...se os ministros do evangelho de Jesus Cristo permitirem que  suas ministraçôes alcancem a simplicidade de uma criança,

...se  o  pai  for  mais  pai  e  não  apenas  um reprodutor omisso e descuidado,

...se a mãe for mais mãe e não  delegar à outrem a sua responsabilidade,
 
...e se o amor for o combustível que move o coração dos verdadeiros cristãos,

...nossas crianças serão instruídas hoje, para que no amanhã possam votar consciente, legislar com eqüidade, presidir com justiça, ter zelo pela ética, preservar a dignidade, fazer prosperar os bons costumes, servir bem a Deus e a sociedade. E acima de tudo, caminhar para o céu onde temos uma morada preparada pelo Mestre Jesus Cristo.
 
Caros alunos e alunas:


Lamentamos ter chegado o final do nosso curso de CFPC, mas é com prazer que eu preservarei a cortesia que me dedicam no sítio da memória destinado exclusivamente aos raros instantes felizes.

De mim, e dos demais professores,  vocês serão inevitavelmente e involuntariamente  ex-alunos, mas não do Senhor Jesus Cristo. Ele é e sempre será o vosso supremo mestre e o melhor paraninfo. Somente Ele, será capaz de verdadeiramente abrigá-los e inspirá-los ao longo da vida e da  carreira que vos esta proposta.

Parabéns, Igreja,  parabéns departamento Infantil, parabéns Pr Paulo Freire por mais esta nova turma de EDUCADORES. Parabéns formandos, e que Deus vos abençoe no cumprimento da vossa missão!

Muito obrigado.

J.Gildasio Pereira
Verão de 2007