Facebook - Dr.José Gildásio Pereira

Translate

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

ENSINAR X LEGISLAR



O poder econômico muda a lei que rege os destinos da sociedade, mas não consegue mudar o pensamento dos indivíduos.

Todavia o indivíduo que faz parte de uma sociedade submetida à uma ideologia pregada de forma sistêmica e massificada, passa a ter como pensamento próprio até aquilo que um dia foi para si repugnante e sórdido.

Dai dizer que o legislador não é necessariamente um pensador, mas apenas agente do poder que normatiza o pensamento que tornou-se um fato social contrário aos ditames dos mais fortes do povo.

Nesse mesmo diapasão, podemos afirmar que fazer o indivíduo pensar em determinada direção influencia mais a sociedade, do que criar leis que obrigue o indivíduo negar aquilo que ele tem por certo.

Ou seja, o orador e o mestre moldam mais a sociedade do que o legislador, nesse aspecto o poder da palavra sobrepõe o poder da caneta, pois um povo doutrinado e determinado, quebra amarras, faz guerras, muda os legisladores, depõe o rei e substitui os magistrados.

Acho que foi até por isso que um Grande Orador, em um de seus discursos, ao invés de mandar criar leis e preceitos, apenas disse:
"Ide e ensinai..."