Translate

terça-feira, 26 de maio de 2015

QUEM SE CALA NÃO CONSENTE NEM FAZ PROVA CONTRA SI MESMO...

Parte superior do formulário O silêncio de um mestre fala mais alto do que a voz insana de uma multidão perdida que responde:

Barrabás!!!
seja crucificado!!!
... que o seu sangue caia sobre nós e nossos filhos!!!

Isso me faz entender que em momentos onde os ruídos superam os argumentos a melhor defesa é usar o direito de se calar.

Quem cala não consente nem tão pouco faz provas contra si mesmo. Muito pelo contrário, calar faz parte de um instituto chamado sobriedade e domínio próprio, pois diz a Bíblia:
"O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói. Provérbio 13.3"

As escrituras afirmam:
"Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo. Provérbio 25.11." Isso corrobora o que o sábio Salomão disse:
“Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Eclesiastes 3.7.”

Falando do mestre escreveu o profeta Isaías:
"Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Isaías 53.7"

E descrevendo a humildade do Cristo que em silêncio fora preterido pela multidão o Apóstolo Paulo afirma:

"Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Filipenses 2.3-11"

Fiquemos com a palavra que Moisés disse ao povo frente ao mar vermelho:
"O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis. Êxodo 14.14"

É tempo de marchar. Não devemos dar ouvidos nem ao ruído dos carros de faraó nem ao som das ondas revoltas do mar vermelho. Pois o Senhor nosso Deus tem poder sobre o mar e fará ele abrir com o sopro de suas narinas.

Quanto aos carros de faraó não poderão nos alcançar, pois o Senhor colocará seu anjo em nossa retaguarda e esse arrancará as rodas dos carros de faraó.

Diz a Bíblia:

“O temor do homem armará laços, mas o que confia no Senhor será posto em alto retiro. Provérbio 29.25”

Como dizem os crentes em Cristo Jesus:

"Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto. Jeremias 17.7-8."

É tempo de em silêncio frutificar, para que na volta do mestre ele possa encontrar frutos viçosos entre as ramagens verdejantes...