Translate

segunda-feira, 21 de abril de 2014

A ISONOMIA DO ÚLTIMO SUSPIRO

Interessante!

A morte é o equipamento topográfico que nivela o famoso ao invisível, o milionário ao miserável, o branco ao negro, ao amarelo e ao vermelho.

Certo é:
Quando chega a hora, a morte não quer saber a qual religião o infeliz pertence.

Do ponto vista legal podemos afirmar que o último suspiro é isonômico, pois faz o homem alcançar através da lei natural a utópica igualdade propalada p...
elos ideais Republicanos e pelo Estado Democrático de Direito.

A partir da morte seja lá quem for, vira cinza ou comida de verme...

A exceção fica apenas na história deixada e o endereço onde a alma do "de cujos " vai repousar.

Pense nisso!