Facebook - Dr.José Gildásio Pereira

Translate

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

UM SORRISO DE GRATIDÃO VALE MAIS DO QUE CIFRÃO

Na vida aprendi que viver não é apenas existir, que viver é pensar, arriscar, errar, acertar, viver é ser útil, é servir com o pouco ou com o muito que se tem, viver é contribuir para que o amanhã possa ser melhor para geração que vem...
Portanto se na vida não tivermos um alvo a atingir, um sonho a sonhar ou uma causa nobre pela qual valha apena viver, corremos o risco de nos tornar presunçosos e avarentos a ponto de reduzirmos a nossa vida a uma passagem egoísta e narcisista pela existência.
Na vida também aprendi que não basta ser campeão, todavia necessário se faz ao vencedor ser valente e manter-se em forma o tempo todo afim de ser sempre competitivo ao ponto de estar apto a defender o cinturão conquistado. Pois muitos querem te jogar na lona não porque são seus inimigos, mas porque a sua derrota será a causa do apogeu deles.
Todavia aprendi com Cristo que é fácil, execrar e matar o Homem publicamente, colocá-lo na tumba fria e aguardar a decomposição do seu corpo, o difícil é acabar com a sua obra, por fim ao seu ideal e impedir que seu pensamento prolifere, se tal os têm. Ou seja, mata-se o Homem, todavia faz nascer um mito, um herói, um messias.
Daí aprendi que pior do que matar o homem, é desconstruir a imagem dele na presença dos seus admiradores.
Mas também aprendi que ainda que desconstruam a imagem de alguém, a ponto desse alguém ser linchado publicamente por seus pares, nada podem fazer contra a obra desse alguém, o seu ideal e o seu pensamento, pois o tribunal do tempo e da história se encarregam de absorver o condenado e condenar os culpados, caso sobre discípulos que resolvam dá continuidade a sua obra ou registros fidedignos de que tal obra foi realizada por esse alguém e que tal teoria ensinada é fruto do pensamento desse alguém.
Vivendo aprendi que o melhor da vida é simplesmente viver, pois o tempo passa rápido e a vida no corpo é como uma gota d’água no verão. Por isso na vida sempre levantei cedo e dormi tarde, sonhei alto, lutei por aquilo que acreditei ser uma causa que merecia meu esforço, muitas vezes errei, outras vezes acertei, plantei árvores, escrevi livros, tentei aprender alguma coisa e fazer discípulos, me tornei pai, me doei o quanto pude, mas aprendi que a alegria perfeita vem do Senhor e a verdadeira felicidade é conquistada quando servimos a alguém que só pode nos recompensar com um sorriso de gratidão…